Ata da assembléia geral da Associação das Maria Chuteiras

Ata da assembléia geral ordinária realizada às 19 horas do dia 16 de janeiro de 2011, na sede da Associação das Maria Chuteiras, realizada nos termos do artigo 28 do estatuto social.
maria chuteira, fuitebol, craques, enriquecer, golpe da barriga, golpe do baú
Às dezenove horas do dia vinte de julho de dois mil e nove, em segunda convocação, por não ter atingido o quórum em primeira convocação, tendo por local a sede da Associação das Maria Chuteiras, sito à Avenida Serrasalminae, 132, nesta cidade, teve início a 47ª assembléia geral ordinária desta associação, convocada mediante edital publicado no jornal local página 19, em sua edição do dia 06 de janeiro de 2011. Dando por abertos os trabalhos, a presidente da associação, Sra. Rosa indicou, e foi aceito pelas presentes, para compor a mesa a senhora Penélope, a qual funcionaria como secretária. Composta a mesa, a presidente solicitou a secretária que procedesse a leitura do edital que continha os seguintes pontos de pauta: 1) análise de conjuntura; 2) indicação de prováveis "bom partido" do terceiro trimestre; 3) assuntos gerais. Após a leitura do edital, a presidente questionou se haviam supressões ou adendos a serem efetuados na pauta, e como ninguém se manifestou, considerou os pontos ratificados. A seguir, a presidente tomou a palavra e passou a fazer uma análise de conjuntura, resgatando históricamente a origem das Marias Chuteiras bem como as mudanças históricas que a classe tem sofrido ao longo dos anos. Relembrou as que se tornaram famosas e que serviram de exemplo para a gerações futuras sem no entanto esquecer de enaltecer as que não conseguiram chegar ao top. Após sua análise, a presidente passou a palavra à próxima inscrita, senhorita Jessica, a qual fez um relato sobre as dificuldades enfrentadas para manter a boa forma física e dos altos custos atuais da cirurgia plástica. A terceira e última escrita foi a senhorita Nicole, a qual fez uma análise sobre o preconceito sofrido pela classe ao longo dos anos e finalizou ressaltando a necessidade de conseguir se impôr frente à essas adversidades contemporaneas. Não havendo mais nenhuma inscrita, a presidente encerrou o primeiro ponto e passou ao segundo solicitando que fossem indicados pelas presentes nomes de candidatos a "bom partido". Ao total, foram indicados seis nomes. Pela ordem, a presidente passou a descrever o histórico de cada um dos candidatos, sua evolução futebolística, bem como sua situação no time, prazo do contrato, avaliação do passe, prováveis interessados, lesões sofridas, contratos publicitários, relação patrimônio pessoal x herdeiros, pontos fortes e fracos do sujeito. Ao final da apresentação a presidente abriu a palavra às presentes para que se manifestassem a respeito. Após algumas intervenções, a presidente encerrou o ponto e passou ao último ponto questionando se haveria algum outro assunto a ser discutido e como ninguém fez uso da palavra e a pauta já havia se esgotado, a presidente encerrou a presente assembléia que vai assinada por quem de direito. Associação das Maria Chuteiras, 16 de janeiro de 2011.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

As jornalistas mais belas do século passado

Wing Chun kung fu - tenha aulas online e de graça

Shakira: fotos sensuais da cantora colombiana