Policia: quem confia em policia?

Em 2009 (estamos em 2011 e no Brasil a coisa demora a aparecer), uma escrivã de policia de São Paulo, de iniciais VFSL, que estava sendo investigada por concussão (ato de exigir para si ou para outrem, dinheiro ou vantagem em razão da função, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida.) foi despida na marra por um bando de policiais da corregedoria da policia civil de São Paulo, comandados por Eduardo Henrique de Carvalho Filho e Gustavo Henrique Gonçalves. O grupo gravou tudo em vídeo. Isso aconteceu por que ela foi pega em flagrante (sic) por ter liberado da cadeia um sujeito acusado de porte ilegal de arma, pela bagatela de R$ 250,00.

Antes da barbárie de tirar a roupa de uma mulher à força contra sua vontade, os corregedores, gente que deveria coibir as barbaries dos outros policiais com sindrome de rambo, cometem a cagada de pedir que ela fizesse um streaptease grátis ficasse peladinha por conta própria na frente dos policiais. Acuada, a escrivã (picareta ou não) exigiu o que lhe é garantido por lei, já que é mulher: ser revistada intimamente por outra mulher.

Não teve mole, os taradões da corregedoria algemaram, jogaram-na no chão e a pelaram. E conseguiram as provas... estavam escondidas dentro da calcinha. Parabéns corregedoria de Policia! Qual o próximo crime passo? Digo crime por que só bastava colocar duas mulheres para fazer a revista intima Simples. Mas os caras tinham problema... e estavam na policia, mas não só nela... na Corregedoria. Ih complicou!

Se eles fazem isso com uma colega... que sobra para nós meros mortais? Corregedoria.. quem confia em corregedoria? Se eles fazem isso. Que sobra para nós meros mortais? 

E ainda teve um promotor (deve ser fã do Tropa de Elite 1 e 2) que disse: 
Não vislumbro crime de abuso de autoridade na conduta do Delegado de Polícia Eduardo Henrique de Carvalho Filho e/ou membros de sua equipe (…) posto que, a meu ver, não agiram movidos por interesse pessoal ou por ódio, mas por zelo à administração pública. (…) Agiram portanto, estritamente no exercício de suas funções policiais.
Com essas palavras, o promotor de Justiça Lee Robert Kahn da Silveira pediu ao juiz da Vara Distrital de Parelheiros o arquivamento do inquérito policial instaurado para apurar abuso de autoridade na lavratura da prisão em flagrante da escrivã V.F.S.L. por prática de concussão, no que foi atendido.

Comentários

  1. a policia age pior que outros criminosos,porque tem a protenção dos seus celeguinhas que são coniventes com seus crimes.Além do mais a maioria dos assassinatos são praticados por policiais safados ,descarados!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe sua opinião ou sugestão.

Postagens mais visitadas deste blog

As jornalistas mais belas do século passado

Wing Chun kung fu - tenha aulas online e de graça

Shakira: fotos sensuais da cantora colombiana