Atos dos Opostos

LulzSec derruba site da assembléia legislativa gaúcha

O grupo LulzSec Brazil afirma, Através do twitter oficial do grupo, ser o responsável pela queda do site da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul ontem a noite. Até agora (18 horas depois) o site da AL ainda encontra-se fora do ar. O motivo seria uma representação para o Ministério Público feita, em 2010, pelo então presidente da Assembléia, Giovani Cherini (PDT) contra o cantor gaúcho Tonho Crocco, fundador e ex-vocalista do Ultramen, por causa do rap 'Gangue da Matriz'. O julgamento vai ocorrer dia 22 de agosto pelo Juizado Especial Criminal. Se condenado pelo crime contra a honra, Crocco pode pegar até dois anos de prisão.


Já o vídeo de Crocco, originou-se como forma de protesto contra o aumento de 73% (isso mesmo... setenta e três por cento) que os deputados aprovaram para sí mesmos em dezembro de 2010.

Atualização: Na tarde de hoje Cherini deu uma entrevista dizendo:
De miha parte esse assunto está resolvido. Essa foi uma ação minha com o presidente da Assembleia. Na medida que o Poder Legislativo não tem mais interesse, eu, como deputado federal, não tenho interesse nenhum nessa ação. Por mim isso acabou agora.
Vamos ver o que ocorre dia 22.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

As jornalistas mais belas do século passado

Wing Chun kung fu - tenha aulas online e de graça

Shakira: fotos sensuais da cantora colombiana