terça-feira, 24 de abril de 2012

Japoneses criam mulher robô realista

Namorada cibernética é criada por japoneses

Esses japoneses definitivamente não têm limites quando o assunto é tecnologia. Uma equipe de pesquisadores, lideradas pelo cientista Tosiro Nakama criou um mecanismo cibernético em forma de mulher.

mulher robo, androide, japones, Valeria Lukyanova, barbie

O projeto se destaca além da tecnologia de ponta, pela riqueza de detalhes que tornam essa androide ginoide*, batizada de Naomi, a robô mais realista criado até então.

mulher robo, androide, japones, Valeria Lukyanova

Ao contrário de projetos anteriores onde os ginoides limitavam-se a apenas falar, reconhecer alguns poucos comandos por voz e movimentar rosto e mãos, Naomi vai além, muito além disso. Ela move-se com a leveza de uma bailarina, obedece cerca de uma duzia de ordens pré-configuráveis além de conseguir realizar em torno de 15 tarefas, manuais ou não.

mecanismo cibernetico, mulher robo, Valeria Lukyanova

Concebida inicialmente para ter a função de companhia para pessoas solitárias, aos poucos passou a funcionar, também, como namorada cibernética, devido a tamanha perfeição (sic).

* ginoide: termo usado para descrever um robot desenhado para se parecer com uma fêmea humana, em comparação com um androide modelado à figura do macho humano.

3 comentários:

  1. Meu delsss A Tecnologia é uma bença

    ResponderExcluir
  2. Mas essa mulher não é uma robo. O nome dela é Valeria Lukyanova. E ela é conhecida como barbie humana. É só colocar no google "barbie humana" ou "Valeria Lukyanova".

    ResponderExcluir
  3. BARBEI UCRANIANA

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião ou sugestão.